terça-feira, 26 de março de 2013

Alunos Portadores de Deficiência Intelectual e Múltipla durante a elaboração das suas atividades.












Semana Santa em São Francisco de Paula...

"Na Igreja primitiva, esse era o tempo da última etapa de preparação do batismo para os adultos, chamados de catecúmenos, e que o receberiam na noite da Páscoa. Nos quarenta dias, a Igreja incentiva a prática do jejum, da solidariedade com os pobres (esmola) e a prática intensa da oração. É semelhante a um tempo especial de retiro espiritual. É o período de voltar para Deus, de reaquecer a fé e de mudança de vida e de superação de atitudes doentes e mesquinhas. Muitos ainda hoje se abstêm das carnes vermelhas, mas se esquecem dos pobres, agindo de forma hipócrita. Lembrava São Leão Magno: “É inútil tirar ao corpo a comida, se não tira da alma o pecado”. A intuição central da Quaresma é mudança de atitudes e práticas, favorecendo a solidariedade e a fraternidade."
http://www.cecb.edu.br/index.php/pastoral/noticias/149-quaresma-samana-santa-e-pascoa.html

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Carnaval 2013...Wanda Vilano e Flaviana Ribeiro.


"O carnaval chegou ao Brasil em meados do século XVII, sob influência das festas carnavalescas que aconteciam na Europa. Em alguns países, como a França, o carnaval acontecia em forma de desfiles urbanos, ou seja, os carnavalescos usavam máscaras e fantasias e saíam pelas ruas comemorando.
Certos personagens têm origem europeia, mas mesmo assim foram incorporados ao carnaval brasileiro como, por exemplo, rei momo, pierrô, colombina.
A partir desse período, os primeiros blocos carnavalescos, cordões e os famosos cortejos de automóveis (corsos) foram criados, mas só se popularizaram no começo do século XX.
As pessoas decoravam seus carros, fantasiavam-se e, em grupos, desfilavam pelas ruas das cidades, dando origem assim aos carros alegóricos. O carnaval tornou-se mais popular no decorrer do século XX e teve um crescimento considerável que ocorreu devido às marchinhas carnavalescas (músicas que faziam o carnaval ficar mais animado).
A primeira escola de samba foi criada no dia 12 de agosto de 1928, no Rio de Janeiro, e chamava-se “Deixa Falar”, anos depois seu nome foi modificado para Estácio de Sá. Com isso, nas cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo foram surgindo novas escolas de samba. Organizaram-se em Ligas de Escolas de Samba e iniciaram os primeiros campeonatos para escolher qual escola era a mais bonita e a mais animada. A região nordeste permaneceu com as tradições originais do carnaval de rua, como Recife e Olinda. Já na Bahia o carnaval fugiu da tradição, conta com trios elétricos, embalados por músicas dançantes, em especial o axé."

Arte Brasileira.


"A arte brasileira surge da mistura de outros estilos e se inicia desde o período da Pré História há mais de 5 mil anos, até a arte primitiva. Ela também foi influenciada pelo estilo artístico de outras sociedades."